Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A LUZ DO SOL

Sábado, 30.05.09

 

 (ficção)

 

Tento olhar para ti Sol,

e não consigo...

Tua luz de tanta intensidade,

me fere o olhar, e eu desisto...

Assim queria ser eu, divindade,

entrar no olhos de alguém que "persigo",

entrar no seu coração,

poder ler um poema,

cantar uma canção,

dançar uma dança de sedução...

Mas não sou divindade,

apenas alguém sem criatividade,

alguém que bate na porta errada,

alguém só nesta cidade,

procurando beiral, uma entrada...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Alexandrino Sousa às 10:24


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.