Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



ESTRELAS CINTILANTES

Segunda-feira, 15.06.09

 

 

 

 

https://1.bp.blogspot.com/_dV2Sruy7liQ/SGk-6UpPqZI/AAAAAAAAADE/kF9a6b5eckE/s400/estrelas.jpg

 

Olho para o imenso céu,

e conto as estrelas,

em cada cintilante,

naquela mais brilhante,

és tu no meio delas.

 

Estendo minha mão,

esta mão que é só tua,

e numa perfeita união

vens até mim, só nua,

em alegre condição.

 

Meu Amor, meu amor,

nós somos as estrelas

e ao passar, se acendem as velas,

como se fosse um vale de dor,

como se não existisse Amor...

 

Olho do  reino do céu,

e do alto das estrelas,

mil luzes cintilando...

São os casais namorando,

se apagaram as velas...

 

E tudo parece renascer...

O Amor cresceu, vingou,

Não mais velas ou sofrer

nos corações de quem amou,

porque Amar é viver...

 

Meu Amor, meu amor,

nós somos as estrelas..........

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:20


12 comentários

De rosafogo a 16.06.2009 às 18:09

É assim o Amor, aquela benção
Que não se apaga, tal qual as estrelas
Um beijo, um abraço dado de coração
E até as pequenas coisas, são belas!

Começa devagarinho e a medo
Instala-se no coração, sem ruído
No do outro também em segredo
E diz-nos palavras doces ao ouvido.

Alex, vim ver o que escrevias, hoje com pouquinho tempo, mas gostei muito, e virei logo que possa.

Para ti um abraço da amiga

Natalia

De Alexandrino Sousa a 16.06.2009 às 19:30


Olá Natália,

Como escreves bem e com doçura, bonito mesmo.
Sabes que gosto das visitas de Amigos, por isso volta sempre

Beijinhos
Alex

Comentar post