Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O Valor da Inocência

Segunda-feira, 20.07.09

 

 

 

http://blog.estadao.com.br/blog/media/Nissan_Micra_C+C%20002.jpg

 

 

 

O mar tem sempre seu encanto

pode chover ou até estar vento

ou calor que nos impele para água

o mar tem sempre chamamento

Lembro nossos tempos de namoro

os beijos escondidos no carro

promessas de amor eterno

O mar tudo ouviu e de nós sorriu

sabia que tudo era passageiro

E mesmo no momento derradeiro

em que dizias que eu era o primeiro

o mar novamente sorriu

o mar sabia que alguém mentiu...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 18:57


1 comentário

De rosafogo a 24.07.2009 às 14:43

Gostei muito deste!
Passo atrasada, mas como gosto de ler tudo, nada me escapa, aqui estou a comentar este poema, sobre os tempos de namoro, gostosos e que é já tempo de saudade. Brevemente tiro um meu lá do fundo da gaveta sobre este tema, que eu acho delicioso e partilho.

beijinho
natalia

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.