Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



AMOR SEM LIMITES

Quinta-feira, 23.07.09

 

https://1.bp.blogspot.com/_P34f5oOa7cM/SYDv2ekhJ5I/AAAAAAAAN7s/20cOOi0t4a4/s400/Lagoa.png

 

Sinto que meu corpo treme,

meu olhar não descansa,

meu coração alterado, balança,

e eu me pergunto mais uma vez:

será que ela vem até aqui??

Fecho os olhos, tento fingir

que tudo está bem, tento sorrir...

Conto as horas mais uma vez....

 

Ouço teus passos no corredor,

passos certos que já sei de cor,

e meu coração acelera, rejubila,

esta será a noite prometida,

noite sem horas de chegada ou partida,

será a noite de muito amor.

 

Toco-te com querer maior,

como que a medo de não te dar tempo...

Tanto imaginei, sonhei cada momento...

Olhamo-nos olhos nos olhos

e dentro de nós arde o desejo, o calor,

todo o tempo será pouco para o amor...

 

Corpos semi nus, em desassossego,

beijos, carícias, jogos sedutores,

prazer em alta, arrebatador,

e as peças de roupa que ficaram,

são rasgadas numa ânsia animalesca,

e num âpice, dois corpos ficam num só...

 

Amor, doce e grandioso Amor,

deixa acontecer, deixa percorrer

toda uma seiva de êxtase,

nossos corpos são agora um só,

e tudo o que mexe é vida a correr...

Só mais uma vez...deixa acontecer....

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 20:51


1 comentário

De Triskel a 23.07.2009 às 21:51

Olá alex,
É tão bom sentirmo-nos assim apaixonados... e escrever belos poemas para deliciar o leitor!
No calor de todo o fulgor esperemos que o disco não risque mais...ehehehehehe ( desculpa...não resisti! É brincadeirinha )

Beijo

Breizh

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.