Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Devaneios

Quarta-feira, 26.08.09

 

 

http://www.webartigos.com/content_images/pensando%20no%20pouco%20que%20ha.jpg

 

(ficção - devaneios de mim)

 

Hoje queria ser o semeador do tempo,

poder dispor das horas , dos segundos,

da noite, do dia, das trevas, da luz....

Abrir as janelas do sol, ou a fábrica do vento,

ou as torneiras das lágrimas em sufoco...

Eu queria ser um pouco louco

como loucos são os felizes da terra,

os que nada sabem, nada vêm,

os que não amam, ou nunca provaram

o desejo intenso de amar alguém...

Hoje queria ser o semeador do tempo,

e, se de Deus fosse contento,

morrer para nascer, sem coração,

sem olhos para ti, sem esta adoração

que me prendeu, que me amaldiçoou

ao amor, ao perfeito sofrimento...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:08


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.