Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



PAIS

Segunda-feira, 28.04.08

 

Ser poeta é dizer numa palavra

o que outros dizem num milhão...

É colocar ênfase, emoção,

carinho, deixar falar o coração..

 

Como traduzir "PAIS"?

Como dizer numa palavra,

como falar em oração,

como dizer sem voz embargada

sentimento maior?

 

"PAIS" é carinho,

é um aconchego hora a hora,

é um gesto, um beicinho,

uma prenda, um beijo,

uma reprimenda,

uma desculpa,

uma lágrima na despedida...

 

"PAIS" é vida que deu vida,

é um esforço incompreendido,

é um farrapo encostado ao canto,

quantas vezes vira desencanto,

quantas vezes vira pranto

num espírito desprevenido.

 

 

"PAIS" é tudo

e o tudo um dia fica em nada...

e aí fixamos o escuro do quarto

e lembramos do sorriso,

do abraço, da emoção passada...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Alexandrino Sousa às 21:49


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.