Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Parecer e não SER

Segunda-feira, 12.10.09

 

http://sitedepoesias.com.br/imagens/poemas/31223.jpg

 

Hoje queria ser diferente,

mostrar a mim mesmo,

que conseguia ser gente,

fazer o que tanto gosto,

a escrever eu aposto,

sendo para outros indiferente.

 

Mas não, não consigo,

o engenho não está aqui,

e até sinto que corro perigo,

de minha cabeça dar o nó,

e assim, mesmo com dó,

vou "pregar" para longe daqui...

 

Não, não me levem a mal,

meu coração não tem alegria,

meu braço treme e se arrepia,

e o resultado final é banal...

Versos em forma desigual,

outros em rima quase mortal...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 18:40


9 comentários

De Ivete a 13.10.2009 às 02:45

Oi Alex,
De certeza que "o resultado final não é, e não será banal". Teus poemas são muito bonitos e com sentimento.

Beijinhos

De Alexandrino Sousa a 13.10.2009 às 21:42


Olá Ivete, fico feliz por tua "companhia"

Obrigada pelo carinho, mas sinceramente?? gostava de escrever muito melhor, com mais arte....Quem sabe um dia seja um escritor mais refinado??

Beijinhos
Alex

Comentar post