Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Anjo Azul

Quinta-feira, 29.10.09

 

 

(ficção) 

 

Em cada mensagem tua,

em cada palavra, em cada letra,

um sinal teu, uma descoberta,

um caminho, uma porta aberta

para um destino sem fim...

 

E a vida nos mantém assim,

unidos no amor, separados na dor,

e por vezes gritamos ao mundo

por uma segunda oportunidade,

nem que a mentira pareça verdade...

 

Mas os anos vão passando

e as desilusões, ilusões rareando,

e se um dia bem no alto olhares para mim,

se meus olhos te sorrirem,

abre teus braços e deixa-me subir...

 

Amores eternos, dois corações num só,

gotas de sangue a lacrimejar

em dois corpos sofrendo sem dó...

Dois seres que pecaram por amar...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 19:08


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.