Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Minha Paz

Domingo, 22.11.09

 

Preciso de encontrar minha Paz,

preciso de encontrar a Vida,

e sinto que tenho andado arredado...

que fiz eu para Te encontrar?

que fiz eu para ser diferente?

meu mundo, meu único mundo

se despedaça, se arruína em cada segundo...

 

Meus olhos, andam cegos,

não enxergam  a Vida,

e no meu silêncio nada ouço,

nada consigo ouvir...

Meu ser se fechou para a vida...

Que posso eu fazer para a abrir??

Preciso de forças,

preciso me redescobrir...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Alexandrino Sousa às 16:42


1 comentário

De Filipa. a 22.11.2009 às 17:52

Olá Alex...

Paz...cada vez temos menos...e tantos os conflitos qe se criam por nada...
Gostei imenso do teu poema...e dou particular atenção ao último verso...de facto há alturas na vida em qe é preciso redescobrimo-nos...é pena é qe muitas vezes isso seja mais complicado do qe parece...

Beijo*
Filipa

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.