Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Uma Canção para Ti

Domingo, 22.11.09

 

 

(ficção)

 

Em cada amanhecer,

no leve acordar, sinto teu corpo

quero te sentir ali, perto de mim

quero ver teus olhos nos meus

e assim te levar comigo

 

E em cada dia o gesto se repete

e sinto que não me canso de ti

tu és o principio e o fim

de uma história encantada

qual princesa, eterna adorada

 

E ao te deixar em cada dia

a dor, o não querer sair

ficar, contigo partir

correr, voar por magia,

e esperar nova noite de amor

 

Amor não deixes seguir o tempo

não deixes vir o amanhã

quero permanecer assim

como se amanhã fosse o fim

o fim de um sonho que mora em mim

 

E ao te deixar em cada dia

a dor, o não querer sair

ficar, contigo partir

correr, voar por magia,

e esperar nova noite de amor

 

E ao te deixar em cada dia

a dor, o não querer sair

ficar, contigo partir

correr, voar por magia,

e esperar nova noite de amor

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 18:50


15 comentários

De Alexandrino Sousa a 23.11.2009 às 09:38


Ana,

como ficar chateado?? Gosto que meus Amigos comentem, participem, e se possível brinquem com o que escrevo.

Beijinhos e fica bem
Alex

Comentar post