Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Anjo da Guarda

Domingo, 20.12.09

 

 https://1.bp.blogspot.com/_C9wZuUdcwfo/SI-upmNkdFI/AAAAAAAAAOc/4dwv1j-_WOU/s320/anjo+da+guarda.jpg

 

 

Queria ser um Anjo,

Anjo protector,

Anjo com asas,

Anjo criança...

 

E se houver Anjos

e eu puder concorrer,

deixai-me escolher

a quem devo socorrer,

se as crianças,

se os velhos a morrer

após muito viver...

 

Mas eu sei que os há,

Alguém que guia meus passos,

Alguém que dorme comigo,

Alguém que eu chamo de Amigo...

 

És tu Meu Anjo da Guarda,

que eu chamava em pequenino

quando ouvia a trovoada,

ou quando não sabia a tabuada...

 

Também agora peço ajuda

para os que sofrem, ou nada têm...

Não, não sou possessivo ou avarento,

e o que tenho, divido a contento.

Meu Anjo da guarda,

se puderes... alivia o sofrimento...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 14:48


6 comentários

De Filipa. a 21.12.2009 às 00:07

Olá alex..

às vezes tbm gostava de ser anjo, ajudar os outros a n sofrer, protege.los..e sobretudo n saber o qe é sofrer...:(

Gostei mt do poema está mt profundo...continua:)
Beijinho
Filipa.

De Alexandrino Sousa a 21.12.2009 às 19:30


Olá Filipa,

e tu, já falaste com o teu??
Pois procura que o vais sentir em tua vida...Sério.

Vais ver que tens "alguém" com quem podes desabafar, falar...

Beijinhos Amiga e Boas Festas
Alex

Comentar post