Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Imaginação

Segunda-feira, 04.01.10

 

http://coracaosolitario.blogs.sapo.pt/arquivo/kiss.jpg

 

(ficção)

Em teus olhos, meus olhos viram,

o que outros não conseguem ver,

e dentro deles juro que sentiram,

o teu amor, que não me vais dizer...

 

Mas meu coração sabe esperar,

sabe que para mim nasceste,

que teus olhos um dia vão notar,

o quanto em meu coração cresceste.

 

Meu amor que eu não conheço,

mas com quem sonho e adormeço,

e que te fiz na minha imaginação...

 

Meu amor, delírio do meu pensamento,

que eu vou moldando a contento,

como contente ficou meu coração...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:10


20 comentários

De Nela a 04.01.2010 às 23:01

Boa noite Alex,

Olha, palavras para quê? És um Poeta Português!!!!
Nota 20!!! Já passou há "buérere!!!! hehehehe
Sim meu Amigo, está lindérrimo!
Vou decretar o ano 2010, como o ano da tua Inspiração, porque cada vez está mais, não sei, sim é isso mais refinada, cada palavra encaixa na perfeição da outra e vice-versa!!!Fazes jogos "inteligentes" de palavras e dão estas coisas belas!!! Os teus POEMAS
Parabéns Alex
Beijinho doce como as tuas palavras!


De Alexandrino Sousa a 05.01.2010 às 21:41


Querida Nela,

sempre, mas sempre com tanta simpatia...palavras para quê...é uma Amiga concerteza.
Obrigada e digo sempre isto porque é verdade, por tanto e tanto carinho

Beijos
Alex

De emma_leiria a 04.01.2010 às 23:09

Está lindo este, adorei
Beijokas

De Alexandrino Sousa a 05.01.2010 às 21:42


Olá emma,

fico feliz por teres gostado

Beijinhos
Alex

De sonhardenovo a 04.01.2010 às 23:50

Olá Alex!!

Tens a certeza que nao andas a piscar uma miúda? Já lhe mostraste os teus poemas? Ela vai ficar caidinha... é impressionante, á medida que os anos passam, as pessoas vão ficando mais velhas, e com problemas que a idade trás, tu não. Cada ano que passa estás melhor, escreves cada vez melhor... Os teus poemas são lindos... E é incrivel como é que tu tens inspiração todos os dias!!

Beijinhos amigo

Bom ano!!

De Alexandrino Sousa a 05.01.2010 às 21:45


Sandrinha , estás chamar-me velho???

Ai, que eu vou ficar chateado contigo.......brincadeira mesmo...não me considero velho, nem tão pouco com a idade que meu BI diz...Serei sempre EU..Alex para os Amigos

Beijinhos
Alex

De green.eyes a 05.01.2010 às 12:40

E se esse amor de que falas
um dia em meu coração também nascer !!
Será que te o passo dizer ?

E se a espera for longa !!
Será que teu coração aguenta ?

E se esse amor for só da tua imaginação !!
E um dia quando me conheceres,
eu serei para ti uma desilusão ?

Muitas duvidas, mas uma certesa ...
Não quero nunca maguar teu coração ...


Olá Alex
O seu poema está lindo, como sempre ... espero não o ter estragado.

Beijinhos e bom ano 2010 para si





De Alexandrino Sousa a 05.01.2010 às 21:49


Olá Ana,

não estragas nunca...é bom saber e ler que desse lado também existem pessoas com poesia na alma, com carinho e ternura.

Beijinhos Amiga e Bom Ano também para Ti
Alex

De mafalda-momentos a 05.01.2010 às 12:51

Olá Alex
Dizes que é ficção...
E eu não sei que amor é mais belo, se aquele que em realidade existe, ou aquele que em sonhos imaginamos e que mesmo imaginado não deixa de habitar o nosso coração.
São sonhos de poeta? São sonhos de um ser?
Que importa? São teus.
Gostei muito amigo, está lindo!
Beijinhos
Mafalda

De Alexandrino Sousa a 05.01.2010 às 21:54


Olá Mafalda,

ficção apenas, que eu gosto de escrever com muita simplicidade.
Agora acredito que muito do que escrevemos poderá ter muita de imaginação, mas também algo que já vivemos...que interessa, o que conta é o que nós vivemos hoje, o que sonhamos hoje...

Beijinhos e Obrigada pelo carinho
Alex

De Diana V. a 05.01.2010 às 19:04

Meu querido amigo ...
Sabes o que me agrada na poesia ... não é pensada ... é sentida ...
não sei bem porquê mas o teu poema fez me recoradar um do Pessoa ...

...Temos, todos que vivemos,
Uma vida que é vivida
E outra vida que é pensada,
E a única vida que temos
É essa que é dividida
Entre a verdadeira e a errada...

Beijos&Quimeras

De Diana V. a 05.01.2010 às 19:05

recordar ... (efeitos do ano novo)

De Alexandrino Sousa a 05.01.2010 às 22:03


para mim , ainda é o efeito das "bolhinhas"....

Beijinhos
Alex

De Alexandrino Sousa a 05.01.2010 às 22:00


Querida Diana,

DIsseste bem, o que escrevo, não é vivido (será sonhado?), não é pensado...é concerteza sentido...

e o poema que registas de Pessoa é uma grande verdade, com mistura de dor...e de sonho...

Sê bem vinda

Beijinhos
Alex

De Diana V. a 05.01.2010 às 22:32

Ora será sonhado por certo, o autor faz uma clara referência quando diz que a fez na imaginação...
Sentido sem dúvida, a poesia são sentires de alma...
Pensado não podia ... não se pensam emoções ... aliás a mente é terrivel com as emoções ... consome-as pela lógica ...
O cerne da questão está na tenue diferença entre sonho e ilusão ...
Sonhos podem ser realizados ... a ilusão desvanece ... mas isso o autor não deixou claro...

Está belissímo o poema Alex!
Como sempre aliás :)

Beijocas

De Alexandrino Sousa a 05.01.2010 às 22:55


Querida Amiga,

Teus comentários têm muito de psicologia, de entrar na alma, no mais profundo de nós....(tens formação nessa área?? - acredita que não estou a brincar...)
Obrigada pelo teu carinho (e responde...)

Beijinhos
ALex

De Diana V. a 06.01.2010 às 00:26

Querido Alex...
Confesso que não é a primeira vez que me colocam essa questão ...
Não fosse a minha rebeldia e o gostar de quebrar regras essa teria sido a area escolhida ...
Gosto de Psicologia ... q.b. compreender pessoas, sempre ficará longe de sentir pessoas ...
usando uma frase do Oscar Wilde ... as mulheres não querem ser compreendidas, querem ser amadas ... não só as mulheres, não só o amor ... mas todos os seres e todos os sentidos ... nunca um conceito baseado em lógica irá superar ... as emoções que podemos dar...
Gosto de "ler" pessoas ... sentir ... faze-las sentir ... gosto de descodificar, de ouvir o que não é dito ... do que está entrelinhas, do que não se vê ... o mais importante sempre se mostra a um nível latente ... quando deixamos de tentar compreender ... começamos a viver ...
A mente é uma terrível armadilha ...
Por isso gosto de poesia ... não é pensada é sentida ...

De Alexandrino Sousa a 06.01.2010 às 22:00

Querida Diana,

Penso que sempre senti mais do que compreendi..aliás o "eu compreendo" é frase feita, é já formal...mas o sentir, é viver...é sofrer...muito. E quando dizes que os seres gostam de ser amados, tens toda a razão, mas o amor em si contem também traição...à nossa racionalidade...como a mente, o coração também é uma terrivel armadilha....

Beijinhos
Alex

De Diana V. a 06.01.2010 às 22:13

Meu amigo ...
O coração(sentir) nenhuma armadilha esconde ... o amor, a amizade ... os sentimentos todos eles devem ser incondicionais ... sermos felizes pela NOSSA capacidade de sentir ... mas aí entra a mente é ela q nos diz que devemos esperar algo em troca, que aquele alguem tem de ser como queriamos ... perde-se tudo quando colocamos o nosso sentir nas mãos do outro ... se estivermos em verdade com as nossas emoções ... não há truques não há segredo ... não há mistério...
A mente sufoca o sentir ...porque exige mais e mais ...
Ai amigo mexes em temas que gosto de falar e depois deixo testamentos, credo!

Beijinho

De Alexandrino Sousa a 07.01.2010 às 19:17

Querida Diana,

Não , não são Testamentos...são prosas que revelam muito conhecimento, muito sentir, muitas emoções...gosto de te ler...

Beijinhos
Alex

Comentar post