Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Falar mais Alto...

Terça-feira, 26.01.10

 

https://1.bp.blogspot.com/_d0za090bFRc/St6E2007JdI/AAAAAAAAAII/mhDKqa5Z1-c/s320/homem-com-dinheiro-na-mao.jpg

 

 

O meu sono, é o meu mundo,

onde sonho, e acordado penso

em tudo que gira em meu redor,

nas ambições que tinha, e ruíram,

nos desgostos de amor...

Na insanidade dos que me rodeiam,

nas injustiças que se premeiam,

na vontade de ter vontade

e sem medo, não regatear,

mas exigir, olhos nos olhos,

a reposição da verdade...

A verdade por mais um dia que passou...

A justiça pelo esforço de quem trabalhou...

O saber ouvir quem não sabe falar,

bocas que se abrem apenas para respirar...

Oh insanas inteligências,

donas da avareza e da maldição,

em vossos ombros o caixão,

de quem ousaste maledicências,

a quem um dia regateaste o pão...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 19:36


7 comentários

De mafalda-momentos a 02.02.2010 às 18:09

Adorei Alex

Encontrei no teu poema um pouco do eco dos meus pensamentos que não sei pôr em palavras.

Tanto em alguns condensado para que muitos sofram necessidades, mesmo as básicas.
Um beijinho para ti
Mafalda

De Alexandrino Sousa a 03.02.2010 às 20:51


Olá Mafalda,

Sabes, cada dia que passa, são mais visiveis as injustiças, as separações de classes...

Beijinhos Amiga
Alex

Comentar post