Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A dor e o silêncio

Segunda-feira, 15.02.10

 

 

 

Não adianta tentar nem mais uma vez,

não adianta forçar, lutar contra a maré..

Sombras frias, gélidas, agressoras,

de espada em riste, lâminas afiadas,

trespassam-me a alma, o corpo,

em mil pedaços me retalham,

em lagos de sangue, jorra meu ser...

 

De dor é feito meu tempo, meu silêncio,

na dor encontro a escuridão e o vazio,

contrastando com momentos de cor,

da algazarra, dos risos de crianças...

Na dor, o silêncio é ouro, bênção.

é estar presente, mas em tudo ausente.

é um implorar dias diferentes...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Alexandrino Sousa às 15:53


19 comentários

De MissAna a 16.02.2010 às 14:43

Lindo, profundo e parece-me um pouco triste... Espero que esteja tudo bem contigo!
Beijinhos

De Alexandrino Sousa a 01.03.2010 às 22:41

Olá Ana,
só agora respondo e já sabes porquê. A dor que me apareceu de repente na cervical e me deixou meio parado. mas tudo vai melhorando

Beijinhos
Alex

De Helena Paula Aveiro a 17.02.2010 às 17:32

Olá Alex!!!
Estás triste?
O silêncio é de ouro sim... depois de ditas, as palavras, essa espada afiada, cumprem o objectivo ao qual se destinaram e... não há como as recolher de novo!
Mesmo que não fosse bem aquilo que queríamos dizer...
Beijinhos!

De Alexandrino Sousa a 01.03.2010 às 22:42


Olá Helena,

Qando se está a sofrer sabe bem o silêncio, porque a confusão parece provocar ainda mais dor.mas já está a passar

Beijinhos
Alex

De Helena Paula Aveiro a 20.02.2010 às 23:27

Olá Alex...
Estou tão preocupada contigo...
Está tudo bem?
Ainda não te liguei porque não tenho saldo no telemovel, mas... assim que receber!
Espero que estejas óptimo... a sério!
Beijinhos

De Alexandrino Sousa a 01.03.2010 às 22:48

Amiga Helena,

Penso que o pior já passou e já consigo estar aqui no PC.

Obrigada pelo teu carinho e Amizade

Beijinhos
Alex

De Filipa. a 21.02.2010 às 15:22

olá alex, tenho andado afastada aqui do teu cantinho. espero que esteja tudo bem! (:
sempre que posso leio os poemas, e como sempre, estás lindos, e eu que n gosto mt de poesia, e nem tenho jeito nenhum para a escrever, às vezes la tento, mas em vão.
beijinhos
Filipa.

De Alexandrino Sousa a 01.03.2010 às 22:44


Querida Filipa,

Eu sim tenho andado afastado mas por doença, mas agora penso que vos vou visitar mais vezes. Tu escreves lindamente e eu já te disse. Nunca damos valor a nós próprios

Beijinhos
Alex

De Diana V. a 21.02.2010 às 15:57

Querido Alex...
Dilacerante, corta como punhais...
Mas a dor também nos lembra que estamos vivos, não é?

Abraços & Quimeras

De Alexandrino Sousa a 01.03.2010 às 22:46

Querida Diana,

Tens razão. Mas não posso comparar a minha dor com outras tantas que de tanto sofrer pedem a morte. Assim, mais valia morrer.
tenho saudades vossas e agora espero que meu corpo me liberte um pouco

Beijinhos
Alex

De mafalda-momentos a 21.02.2010 às 18:14

Alex
Quando o coração doi, seja pelo que for, o silêncio sim é de oiro e nele, embora se exista, encontramos a benção de podermos estar sós até reencontrar o equilibrio.
Mas não se consegue sem luta amigo.
Sinto-te triste e descrente.
Nada disso! Toca a arribar e olhar para a frente.
Um beijinho
Mafalda

De Alexandrino Sousa a 01.03.2010 às 22:49


Obrigada Mafalda pelas tuas palavras.

Beijinhos
Alex

De mafalda-momentos a 23.02.2010 às 13:04

Olá Amigo

Tou preocupada contigo... será ques estás doente?
Sei que todos nós temos mais vida para além disto e seja o que for que esteja acontecendo espero que não seja nada de grave.
Nem sempre podemos ser mais assíduos e às vezes simplesmemte não apetece. Sinceramente desejo que seja apenas isso.

Mas logo agora que lancei o desafio lá no meu blogue, aquele iniciado pela Marta do Sonhando aos Quarenta, tu andas qusente e eu gostaria muito de ter a tua participação.
Como é vulgar dizer-se, não se pode ter tudo e o que é essencial é que esta tua não presença seja aquela doença chamada de "preguicite aguda". É o que mais te desejo. Mas olha que vou vindo por cá a espreitar quando apareces.
Beijinho para ti Alex
Mafalda

De Alexandrino Sousa a 01.03.2010 às 22:51

Amiga Mafalda,

só para te dizer que já sabes o motivo. Fica para a próxima

Beijinhos
Alex

De Nela a 23.02.2010 às 18:23

Meu bom Amigo!!!
Alex,

Vou usar as tuas palavras sábias:
"Na dor, o silêncio é ouro, bênção".
é estar presente, mas em tudo ausente.
é um implorar dias diferentes..."

É isso, também estes últimos dias, com 38
39 de febre, sem me levantar com uma valente constipação, mas penso que o pior já passou e tu?
O Nosso Poeta como está e onde anda ele?
Temos saudadinhas!!!!!
Beijocas doces para um doce Amigo!!!
Que estejas bem Alex!








De Alexandrino Sousa a 01.03.2010 às 22:39


Pois é Nela, quando menos esperamos caímos de cama..

Mas o pior parece que já passou e agora é só esperar ainda melhores dias.

Beijinhos e obrigada pelo carinho
Alex

De Simbologia do aMoR a 24.02.2010 às 04:11

Oi Alex

Espero que esteja bem.
Dor e silêncio?
Isto é ruim.


Abraço

Comentar post