Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



A dor e o silêncio

Segunda-feira, 15.02.10

 

 

 

Não adianta tentar nem mais uma vez,

não adianta forçar, lutar contra a maré..

Sombras frias, gélidas, agressoras,

de espada em riste, lâminas afiadas,

trespassam-me a alma, o corpo,

em mil pedaços me retalham,

em lagos de sangue, jorra meu ser...

 

De dor é feito meu tempo, meu silêncio,

na dor encontro a escuridão e o vazio,

contrastando com momentos de cor,

da algazarra, dos risos de crianças...

Na dor, o silêncio é ouro, bênção.

é estar presente, mas em tudo ausente.

é um implorar dias diferentes...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Alexandrino Sousa às 15:53


19 comentários

De Alexandrino Sousa a 01.03.2010 às 22:51

Amiga Mafalda,

só para te dizer que já sabes o motivo. Fica para a próxima

Beijinhos
Alex

Comentar post