Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Será sempre "ATÉ UM DIA..."

Quarta-feira, 24.03.10

 

 

 A despedida tem sempre seu quê de tristeza, de amargura, de dor...

A despedida, quando esta se torna eterna, acaba por ser um pouco de nós que também nos é retirado...

Lembro já ter passado pela perda de familiares próximos (avós, tios), e sei o quanto custa. Por várias vezes também já soube o que é perder pessoas Amigas e apercebo-me que este ritual se está a tornar cada vez mais assíduo..

 

Caminhamos para um fim (todos nós teremos um fim), e só falta saber mesmo a data em que se vai dar o desenlace...

Se queremos viver para sempre? Se não queríamos sofrer nem ver sofrer? Tudo isto tem respostas, e entre nós, nem todas seríam coincidentes.

 

              NB: Por não ter as condições mínimas para poder vir até aqui, estive algum tempo sem vos visitar/comentar,  e também porque estávamos à espera de um desfecho que já aconteceu...

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 19:47


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.