Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Ai Vida...

Quinta-feira, 17.06.10

https://1.bp.blogspot.com/coracao.jpg

 

Leve e em silêncio passas por mim,

num desejo despercebido, solitário,

umas vezes alegre, outras assim, assim,

como se contas tivesse teu rosário...

 

E os anos passam, nos ultrapassam,

e eu te vejo vida, perdendo a graça,

num corpo que as rugas marcam,

deambulando por aí, em qualquer praça.

 

Leve e em silêncio passas por mim,

sem dó , sem piedade, por querer,

como se perto estivesse o fim...

 

Puro engano, grande distracção...

Quem ama, não mais irá morrer

e cada dia voará seu coração

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:39


13 comentários

De gatinhaperdida a 17.06.2010 às 22:23

" Puro engano,grande distracção...
Quem ama,não mais irá morrer
e cada dia voará seu coração"

Adorei esta estrofe....se assim se pode chamar....
O amor,amar alguém é tão bom,tão bonito,tão tão...

Beijoca grande e fica bem
Inês

P.S. - Continua a deixar-nos os teus poemas que são lindos meu amigo ;) :)) Lindos!!

De Alexandrino Sousa a 11.07.2010 às 23:29


Amiga Inês,

fikco feliz que continues gostando do que escrevo. Afinal foste sempre das primeiras a dar-me força para escrever.
Obrigada pelo teu carinho

Beijinhos
Alex

De charlotte a 17.06.2010 às 22:42

Obrigado!
gostei :)
beijinho

De Alexandrino Sousa a 11.07.2010 às 23:31


Querida AMiga Margarida,

Obrigada pela tua presença

Beijinhos
Alex

De green.eyes a 18.06.2010 às 17:08

"Quem ama, não mais irá morre"
è por isso que eu não quero nunca voltar as costas ao AMOR.

Passei para deixar um beijinho e votos de bom fim de semana.


De Alexandrino Sousa a 11.07.2010 às 23:33


Amiga Ana,

Obrigada pela tua Amizade e carinho. Por afazeres profissionais, não tenho vindo até aqui como gostaria, mas brevemente vai melhorar.

Beijinhos
Alex

De sonhardenovo a 20.06.2010 às 17:44

Olá!

A vida por vezes passa-me ao lado! Como se fosse um filme que não tive tempo de ir ver! Mas, eu sei que um dia vou ter tempo para ir ao cinema...

O poema está lindo! Quem ama viverá sempre não é?

Beijinhos Alex!

De Alexandrino Sousa a 11.07.2010 às 23:35


Querida AMiga, como vais?

A vida passa a correr (ao lado tantas vezes...), mas virá o dia que seremos nós a decidir

Obrigada pelo teu carinho de sempre

Beijinhos
Alex

De Sonhador@ a 21.06.2010 às 19:29

Olá Alex!

Dizem que a vida é o que fazemos dela...mas eu não sei se é bem assim =)
A última estrofe diz tudo. Ama muito ;)

Beijinhos Li

De Alexandrino Sousa a 11.07.2010 às 23:36


Amiga,

Então já somos dois a pensar assim. Também tu, aproveita bem a vida

Beijinhos
Alex

De allungamento del pene a 23.06.2010 às 15:25

Parabéns pelo seu blog, muito interessante. Estou estudando Português, eu não consigo entender tudo, mas quase! ;)

De Nela a 28.06.2010 às 00:22

Boa noite

Olá Alex meu querido Amigo, muito forte e belo este poema.
A nossa vida passa por nós sem darmos por isso, ainda há pouco tempo brincavamos e quando olhamos para o espelho já vemos aquela ruga é sinal do passar do tempo, mas de um tempo que se quer de aprendizagem por esta passagem que é a nossa vida.
Para que essa mesma passagem seja feita de um saido positivo.
E o teu é meu querido é só desfolhar este livro Amigo
Espero que estejas bem!!!
Vive essa vida!!! Vive-a bem é o que te desejo, com tudo a que tens direito.
Boa semana meu Amigo!!!
Beijinhos

De Alexandrino Sousa a 14.07.2010 às 23:00


Amiga Nela,

é bem verdade. A vida passa a correr e quantas das vezes nos damos a pensar os tempos de criança? Sinal de que já passaram muitos anos...Mas haja saúde.

Beijinhos
Alex

Comentar post