Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Velhos

Quinta-feira, 01.07.10

 

 

Os dias passam a correr,

a vida passa a correr,

os sonhos morrem ao nascer...

encostado na berma do passeio,

o velho fala sem saber o que diz,

o velho ri sem se sentir feliz,

o velho não quer saber de asseio...

olho para ele  mais uma vez

pobre e abandonado

deve se sentir resignado

talvez desabafe com o vinho

(seu único e fiel vizinho)

enquanto não lhe bate o destino

 

Assim podera eu ser

cantor do amor, da mulher,

canções que ninguém quer escutar

letras que ousei inventar

e que na berma da estrada irei cantarolar

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Alexandrino Sousa às 22:39


9 comentários

De magnolia a 01.07.2010 às 23:45

Pareces triste Alex....a poesia é linda, mas triste.....estás bem?

Um beijinho grande

De Alexandrino Sousa a 11.07.2010 às 23:41


Amiga Claudia,

como vais?
Está tudo bem por aqui. Muito cansado pelo trabalho, mas mais nada. O que quis dizer, terá a ver com alguma imagem retirada da rua e o medo da solidão quando um dia formos velhos. Penso que toda a gente tem este medo. desculpa Claudia não vos visitar, mas tem sido muito trabalho e brevemente vai melhorar.

Obrigada pelo carinho

Beijinhos
Alex

De grande pene a 02.07.2010 às 09:43

Este texto bonito. escrever é uma terapia natural que nos ajuda não só para lançar luz sobre os problemas, mas também para superar

De Nela a 03.07.2010 às 01:52

Boa noite meu querido Amigo,

Estás a ver é o que eu digo, este daria corpo a uma linda canção!
E tu a cantar, quem sabe gostava de te ouvir cantar, meu AMigo
Quero que estejas bem!
Beijinhos

De Alexandrino Sousa a 14.07.2010 às 23:06


Nela, eu a cantar?? nãaoaoaooa

Mas sabes mesmo qual é o meu medo? solidão se chegar à velhice...

Beijinhos
Alex

De Nela a 15.07.2010 às 01:26

Boa noite

Meu querido, medo da solidão, mas como com uma familia maravilhosa, já netos (que parece impossivel ... o rapazinho é tão novo!!!! lol) Como solidão alguma vez vais estar só, nunca!!!
E depois este pessoal aqui vai estar sempre contigo meu AMIGO!
Não penses nisso meu querido Amigo!
Fica bem
Beijinhos

De Alexandrino Sousa a 12.08.2010 às 21:29

Amiga Nela,

Mais do que me ver assim, é ver os outros e pensar que deve ser muito triste a solidão.

Beijos
Alex

De Diana V. a 08.07.2010 às 04:09

Tanta nostalgia meu querido amigo...
Não é bom poder olhar para trás e ter uma vida cheia...?

Beijinho com saudade

De Alexandrino Sousa a 11.07.2010 às 23:44


Querida Diana,

Sim, estou de acordo contigo. Mas o receio de um dia ficar na solidão, por vezes me apoquenta. E tu, como vais?
Como deves ter percebido, tenho andado algo afastado, mas apenas por afazeres profissionais. Breve, breve cá estarei

Saudades de te ler, de te comentar, de nos "falarmos"..

Beijinhos
Alex

Comentar post