Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O Aconchego da Noite

Quarta-feira, 15.09.10

https://1.bp.blogspot.com/chuva+miudinha.jpg

 

Fez-se noite,

sem ruídos, sem sombras,

apenas noite...

E na noite,

na calmaria que se sente,

o sabor da chuva em forma de orvalho.

 

Rostos se iluminam,

sorriem,

e na calmaria da noite,

o convite,

o desejo,

o partilhar dos corpos...

 

Fez-se noite,

fez-se dia com o brilhar da paixão...

Corpos ondulando,

se curvando em ritmos loucos...

Alguns gemidos...roucos...

 

Fez-se noite,

cai a chuva,

pasma-se a vida...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:11


2 comentários

De green.eyes a 16.09.2010 às 09:34

Olá Alex

Estou em crer que esse seu anoitecer é feito com muita calma e tranquiliadade ... ainda bem para si. Já o meu anoitecer é um reboliço tal como o meu dia a dia.

Um dia espero tambem conseguir anoitecer com calma e tranqulidade.

Beijinhos

De Alexandrino Sousa a 25.09.2010 às 21:56

Amiga Ana,

O meu anoitecer tem sido calmo, tranquilo. E felizmente nem sonhos (bons ou maus) me perseguem. Tento estar de bem com a vida nada exigindo, nada resmungando.
Espero que o teu problema de saúde se vá solucionando ou mesmo aliviando, pois só assim terás alguma qualidade de vida.
Espero que neste momento que te estou a escrever, já te sintas bem melhor.

Beijos
Alex

Comentar post