Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Sentidos Proibidos

Quarta-feira, 06.10.10

 

https://1.bp.blogspot.com/ipes.jpg

 

É de silêncio o ar que respiro,

de vida, o coração que bate

por mais um dia, ou um suspiro,

que importa, se viver é arte...

 

E arte, é o que meus olhos em ti vêm

quando teu corpo ritmado passa,

meus sentimentos coram e lêem

virtudes, ou pecados com graça...

 

E perfumado é o teu caminho

deixando rastro de felicidade,

amor, paixão, algum desalinho.

 

Inebriados ficam meus sentidos,

creio mesmo não enxergar verdade,

onde os sentidos são proibidos...

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:53


4 comentários

De sonhardenovo a 07.10.2010 às 00:16

São palavras, são amor, são vida, são beleza, são melodia... São lindas!!

Um grande beijinho =)

De Alexandrino Sousa a 07.10.2010 às 22:57

Olá Sandra,

Assim não escrevo mais...É que o próximo post teria de ser diferente, sempre melhor do que o anterior e isso eu não consigo...

Beijinhos e obrigada pelo carinho
Alex

De Diana Vinagre a 09.10.2010 às 16:10

Querido Alex...

Adianto desde já que sou suspeita por gostar deste, já dizia que gostava ainda ia só no título.... estranha forma de vida, esta a das palavras que se alimentam de sentidos... não há proibições na arte, seja a das palavras ou a da vida...

Beijos ...

De Alexandrino Sousa a 09.10.2010 às 19:06


Amiga Diana,

"Sentidos Proibidos" - Teu Blog que eu leio com carinho. No entanto este título tem tudo a ver com os "sentidos proibidos" que nos aparecem pela frente, "sinal" que os sentimentos desconhecem .

Beijinhos Amiga
Alex

Comentar post