Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mau tempo

Quinta-feira, 07.10.10

 

 

http://expressoeslusitanas.blogs.sapo.pt/

 

Ouve-se o vento, forte, agudizando,

qual alma perdida na noite,

qual cadáver se elevando da terra fria...

Fecho os olhos, desperto meus sentidos,

e todo o meu corpo se arrepia

augurando desgraça, choro, gemidos...

 

Deus do Vento e da Tempestade, tem dó de nós...

Olha, despidos estamos, a pobreza é demais...

Em cada esquina, cada janela, se ouvem "ais"

temendo o momento, se protegendo de vós... 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:25


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.