Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



FIM DE TARDE

Domingo, 18.05.08

 

O dia prometia ser cinzento,

no entanto, de vez em quando

brilhava o sol...

E no passeio á beira mar,

o agradável momento

de sempre admirar

o que é eterno.

 

Festa em Miramar,

gente e mais gente,

festa pagá? Não sei.

Só sei que no calor ardente,

o desejo urgente

de voltar a casa,

apreciar o sossego do  lar

 

Fim de tarde...

Final da taça na televisão,

e como se previa,

a chuva cai, forte, amacia

o ar doentio

alivia as almas que choram,

se o resultado não sorriu

 

Fim de tarde de domingo,

mais um ciclo se cumpriu,

mais uma semana que começa...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Alexandrino Sousa às 20:09


2 comentários

De Ai Jesus a 20.05.2008 às 19:16

Gestão por Objectivos!
Numa aldeia onde viviam dois homens que tinham
o mesmo nome:
Joaquim Gonçalves.
Um era sacerdote e o outro, taxista.
Quis o destino que morressem no mesmo dia.
Quando chegaram ao céu, São Pedro esperava-os.
- O teu nome ?
- Joaquim Gonçalves.
- És o sacerdote ?
- Não, o taxista.
São Pedro consulta as suas notas e diz:
- Bom, ganhaste o paraíso.
Levas esta túnica com fios de ouro e este ceptro
de platina comincrustações de rubis. Podes entrar.
- O teu nome ?
- Joaquim Gonçalves.
- És o sacerdote ?
- Sim, sou eu mesmo.
- Muito bem, meu filho, ganhaste o paraíso. Levas
esta bata de linho e este ceptro de ferro.
O sacerdote diz:
- Desculpe, mas deve haver engano. Eu sou o Joaquim Gonçalves, o sacerdote!
- Sim, meu filho, ganhaste o paraíso. Levas esta bata
de linho e...
- Não pode ser! Eu conheço o outro senhor.Era taxista, vivia na minha aldeia e era um desastre!
Subia os passeios, batia com o carro todos os dias,
conduzia pessimamente e assustava as pessoas. Nunca mudou, apesar das multas e repreensões policiais.E quanto a mim, passei 75 anos pregando todos os domingos na paróquia.
Como é que ele recebe a túnica com fios de
ouro e eu.....isto?
- Não é nenhum engano - diz São Pedro.
Aqui no céu, estamos a fazer uma gestão mais profissional, como a que vocês fazem lá na Terra.
- Não entendo!
- Eu explico. Agora orientamo-nos por objectivos.
É assim: durante os últimos anos, cada vez que tu pregavas, as pessoas dormiam.
E cada vez que ele conduzia o táxi, as pessoas começavam a rezar.
Resultados! Percebeste? Gestão por Objectivos!

De Alexandrino Sousa a 21.05.2008 às 21:27

Meu caro "Ai Jesus",
Até aos céus já chegaram os objectivos...
Não sei bem porque introduziu este texto naquele contexto...Talvez pela alusão a Miramar (Sr. da Pedra).
Mas em relação aos objectivos, convenhamos que está difícil saber ao que vamos, e para onde vamos (para mim não vamos a lado algum).No entanto a empresa penso que ganhou algo com isto, porque quase toda a gente fala quando acontece algo: "lá se vão os objectivos".. Teria sido este o verdadeiro objectivo????

Comentar post