Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Sombra de mim

Terça-feira, 19.10.10

 

http://bp2.blogger.com/CaliceVinhodoPorto.jpg

 

Horas tardias,

solidão,

horas vazias

na contra mão...

Elevo um cálice de Porto,

saúdo a sombra no chão...

Ali jazo eu, morto,

abandonado,

pelo silêncio pisado,

sem dó no coração...

Horas tardias no vazio,

cálice de Porto vazio,

cabeça em ebulição...

Páro para pensar,

mas já perdi a razão...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:24


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.