Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Chamas de Vida

Sábado, 23.10.10

 

http://alandroal.weblog.com.pt/arquivo/lareira.JPG

 

Crepita o fogo na lareira acesa...

Teu rosto, é o espelho desse fogo,

que incendeia meu corpo atento.

Pensamentos proibidos, eróticos,

varrem meu pensamento,

me alertam para a ténue chama

que julgava com ténue vida...

Crepita o fogo na lareira acesa,

renasce a paixão antes proibida...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 16:20


2 comentários

De Ivete a 25.10.2010 às 18:46

Hum...Todo mundo parece apaixonado nos últimos tempos.Poesia cheia de fogo!


Beijinhos,amigo

De Alexandrino Sousa a 09.11.2010 às 21:08


Amiga Ivete,

só hoje vou responder... A paixão faz parte do dia a dia. Então, porque não letra a letra relembrar a cada minuto?

Beijinhos
Alex

Comentar post