Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Tuas Mãos

Quarta-feira, 29.12.10

 

 

http://cadernodebolso.files.wordpress.com/2008/05/maos.jpg

 

Em tuas mãos, suaves, de branco mármore,

mãos que apertam as minhas,

o calor de um corpo ardendo,

talvez de amor sedento,

e que a cada passo se vai perdendo.

 

Não toques mais outras mãos,

por favor, calça luvas de cetim,

e assim, amor de meus segredos,

quando chegares até mim,

poderei espantar meus medos

com o calor de teu corpo pelo chão...

 

Ah... tal como te imaginava e queria...

Louca, ferozmente louca de paixão,

corpo agonizando, voz em rouquidão,

ansiando, suplicando para não mais ser dia...

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 20:20


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.