Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



MAIAS

Quarta-feira, 30.04.08

 

Anda toda a gente atarefada com a procura de maias para a casa.

 

Tento saber o significado e, se já soube não me lembro, e o que ouço, protecção contra a entrada do carrapato, não me diz nada.

No dicionário, "maia" significa "ramos floridos de giestas que adornam as portas e janelas no 1º de Maio"

 

Tem lógica o significado, já que nas casas que ainda hoje as usam, as portas e janelas ficam bem mais alegres (nem que seja por uma só noite).

 

Também eu cai na tradição, e penso que desde sempre coloquei maias nas minhas portas e janelas. Medo do carrapato?? Nem sei o que isso é, mas o nome não augura nada de bom...

 

Enfim, vou jantar e de seguida dar uma volta pelo pinhal. Algumas maias conseguirei arranjar....

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por inoutyou às 19:54

NOITE DENTRO

Segunda-feira, 28.04.08

 

Pela noite fora

viajo no tempo,

faço contratempo,

viajo na contra mão

e não me sais do pensamento...

 

Cerro os olhos,

faço contas,

largo balões,

me imagino a voar..

e por mais que entre noite dentro,

não me sais do pensamento...

 

Lá fora a lua ri

de mim, de ti...

nos chama de tontos,

e como nas histórias, nos contos,

ela também será testemunha

de um amor que já acabou...

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por inoutyou às 22:40

PAIS

Segunda-feira, 28.04.08

 

Ser poeta é dizer numa palavra

o que outros dizem num milhão...

É colocar ênfase, emoção,

carinho, deixar falar o coração..

 

Como traduzir "PAIS"?

Como dizer numa palavra,

como falar em oração,

como dizer sem voz embargada

sentimento maior?

 

"PAIS" é carinho,

é um aconchego hora a hora,

é um gesto, um beicinho,

uma prenda, um beijo,

uma reprimenda,

uma desculpa,

uma lágrima na despedida...

 

"PAIS" é vida que deu vida,

é um esforço incompreendido,

é um farrapo encostado ao canto,

quantas vezes vira desencanto,

quantas vezes vira pranto

num espírito desprevenido.

 

 

"PAIS" é tudo

e o tudo um dia fica em nada...

e aí fixamos o escuro do quarto

e lembramos do sorriso,

do abraço, da emoção passada...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por inoutyou às 21:49

ANIVERSÁRIOS

Segunda-feira, 28.04.08

 

 

O tempo passa

devagar, lentamente,

mas o espelho não mente

e vemos o quanto passou,

o tempo afinal voou...

 

Fomos filhos

e nos tornámos pais, avós,

e de uma casa cheia,

ficou vazia, ficamos sós...

 

Mas as datas se repetem,

são aniversários,

dias disto, dias daquilo,

os motivos são vários

para a família se juntar....

 

O dia do pai já passou,

o dia da mãe se avizinha

propaganda comercial??

que importa afinal

se o pretexto resultou?

se a festa na sala ou na cozinha

trouxer alegria, emoção...?

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 21:30

DIA DE SOL

Sexta-feira, 25.04.08

 

 

É feriado lá fora,

e o sol,

que se quer juntar há festa,

nos brinda com luz

forte, brilhante, nos seduz,

leva-nos para locais

diferentes,

nos torna ausentes

dos eventos...

 

Dia de sol...

Com o verão à vista,

como resistir

a ti Mar...

Me chamas

com o teu "ondular",

com teu "perfume",

com recordações

que quero "apagar"...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por inoutyou às 12:16

PALAVRA DO DIA (1)

Quinta-feira, 24.04.08

 

Há dias assim,

nascem com o nevoeiro,

e, a pouco e pouco,

o Sol vai descobrindo,

lentamente sorrindo,

tomando conta do terreiro.

 

Mas dentro da casa,

o "nevoeiro" é geral,

impera o mal estar,

a auditoria está a começar

e o nervoso miudinho

faz-se notar...

 

Quem na sua inocência

fez-se ouvir,

mil pragas rogou,

não podia mentir,

sua cabeça padece,

não consegue sossego.

 

Maldita auditoria...

estava tudo indo bem,

o mérito prometia ,

(objectivos a cumprir)...

Azar...maldito dia,

o que virá a seguir??

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 23:00

A MINHA ALDEIA

Quinta-feira, 24.04.08

 

A tua aldeia é já ali...

por entre muros,

por entre arvoredos

por caminhos escuros,

sem medos,

chego lá...até ti.

 

A tua aldeia

é a minha aldeia...

a tua casa,

o meu aconchego,

o teu corpo,

o meu sossego.

 

Se estás feliz,

eu estou feliz...

se ris,

meus lábios se abrem.

se choras,

meus lábios se mordem

 

A minha aldeia

és tu,

mulher, vida cheia,

pedaço de magia,

poço de alegria,

uma mão vazia...

 

A minha aldeia

está a ficar vazia...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por inoutyou às 22:28

ANDRADES

Quarta-feira, 23.04.08

 

 

Andrade...será...

adjectivo,

nome próprio,

apelido...

 

Será provocação,

reinação,

nome só...

doença...sem dó.

 

Andrade és tu,

quem se coloca a teu lado,

o amigo irritado,

doença em crescendo.

 

Contra eles me vacinei,

pomadas, xaropes tomei,

Os ouvidos, esses ouvem

o que as paredes devolvem...

 

Triste fado dos Andrades ,

 tristes dias dos confrades

que somos nós

o que ouvimos de vós.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 22:39

MÉRITO (parte 3)

Quarta-feira, 23.04.08

 

E para acabar o assunto das competências e dos méritos, após longo meditar penso que posso enunciar uma série de postulados sobre avaliações, que qualquer administração poderá por em prática, a saber:

 

1 - O "capital" humano é parte integrante de uma empresa, insubstituível...

 

2 - A administração deverá ter certezas sobre a qualidade e sanidade dos seus quadros (avaliadores)

 

3 - A administração terá todo o empenho em ver os seus funcionários unidos e motivados para as tarefas do dia a dia.

 

4 - A análise do mérito individual, será sempre objectiva, mensurável e de dupla análise (não será feita por uma só pessoa)

 

5 - Os objectivos de cada um (justos, perceptíveis, alcançáveis), tenderão para os objectivos da empresa, isto é, o engrandecimento geral

 

6 - Cada funcionário terá direito a ver esclarecido qualquer ponto discordante, para que se mantenha o bom "clima" e o diálogo entre as partes.

 

7 - O absentismo será ponto forte na penalização no mérito

 

8 - A administração fará saber que em caso de ano em termos de vendas não corresponda ao expectável, poderá ser revisto no ano seguinte a aplicação ou não do mérito.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por inoutyou às 22:13

COMPETÊNCIA vs MÉRITO (parte 2)

Terça-feira, 22.04.08

 

E divagando mais um pouco sobre competências e incompetências , chegamos ao ponto fulcral em que se deva reconhecer mérito a quem o merece (os competentes).

 

Mas o mérito pode ser banalizado , "popularizado", não ter o efeito pretendido de premiar quem merece, mas tão somente dividir um bolo pelos funcionários.

 

Esta situação poderá ser mais grave do que se não houver "bolo" nenhum, cria vícios, habituações, rotinas...

 

Um prémio, é um bem, uma prenda, um agradecimento...

 

Mas esse prémio deverá ser dado a quem o merece, e para isso terá de ser avaliado, submetido a "exame"...

 

E terá a empresa avaliadores isentos, capazes, dignos de avaliar alguém??

 

Ou terá a empresa encaminhado por "caminhos" tortuosos, íngremes , escorregadios, que apesar de difíceis , poderão "aliviar" os avaliadores da ingrata tarefa? 

 

Difícil falar sobre avaliações, méritos, competências, tanta a subjectividade do assunto...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por inoutyou às 22:58


Pág. 1/2