Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



RIO DOURO

Quinta-feira, 22.05.08

 

Desde sempre sonhei

do meu quarto te ver, ó MAR,

desde sempre admirei

tua força em cada onda,

tua destruição sem parar,

teu chamamento...

 

Mas os anos vão passando,

os sonhos se quebrando,

e outras maravilhas

outros encantos,

outros rumos de mil encantos

nos aparecem.

 

Como não te admirar Douro

sem fim??

Tu que és Rio com Vida, Ouro,

rude nos socalcos,

belo nos vales profundos,

e tão sereno na entrega ao Mar...

 

Por ti, um dia vou trocar

meus sonhos...

Por ti, por mim,

ao acordar,

janelas de par em par,

quero-te admirar,

e na tua paz

procurar meu sossego,

fechar os olhos, deixar-me levar

até onde o pensamento deixar...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 14:23

Mini Férias

Quarta-feira, 21.05.08

 

Aproxima-se o feriado,

as míni férias, o lazer.

batendo neste teclado,

vou imaginando,

vou tomando nota,

vou traçando a rota

do meu tempo...

 

Que fazer ??

A que portas bater?

e o tempo que não ajuda...

Lá em baixo o bater das ondas do mar,

a saudade dos percursos

a correr, ou passo a passo,

As Manhãs de domingo,

Burburinho das crianças sorrindo...

 

Fim de semana prolongado,

Oportunidade de descanso,

Corpo stressado,

e a mente algures...No passado...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Alexandrino Sousa às 21:30

FIM DE TARDE

Domingo, 18.05.08

 

O dia prometia ser cinzento,

no entanto, de vez em quando

brilhava o sol...

E no passeio á beira mar,

o agradável momento

de sempre admirar

o que é eterno.

 

Festa em Miramar,

gente e mais gente,

festa pagá? Não sei.

Só sei que no calor ardente,

o desejo urgente

de voltar a casa,

apreciar o sossego do  lar

 

Fim de tarde...

Final da taça na televisão,

e como se previa,

a chuva cai, forte, amacia

o ar doentio

alivia as almas que choram,

se o resultado não sorriu

 

Fim de tarde de domingo,

mais um ciclo se cumpriu,

mais uma semana que começa...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Alexandrino Sousa às 20:09

Rusga ao Senhor da Pedra

Domingo, 18.05.08

 

Bom, não foi bem uma rusga, mas mais um passeio hoje de tarde. Pelo que me contaram, as rusgas foram de manhã (gostava de ter visto).

Mas cada vez é mais confusão, barracas e mais barracas, barulho ensurdecedor dos vendedores ambulantes, das pistas de divertimento, e para a mistura ficar perfeita, os acordes de uma banda de música dos lados de Aveiro.

Para combinar com tudo isto, um tempo insuportável, com calor e céu cinzento (tempo de trovão), foi mesmo doentio o passeio.

 

Mas não faltava povo, carros por todo o lado e camionetas de vários pontos do país. E fica a pergunta no ar: O que é feito das romarias do passado ao Senhor da Pedra?

Lembro-me de lá ter ido vários anos seguidos, ainda pelo areal (não existia ainda a passadeira em madeira), e como era diferente, com os farnéis, com o ambiente mais popular e menos comercial.

 

Ao menos esta festa trouxe algo de bom para aquela zona, pois as alterações lá efectuadas pela Câmara de Gaia, tornaram aquele local muito aprazível (mas não em dias de festa). Pena que não tenham pensado em criar mais condições para as barracas, os automóveis que se amontoam em cima das ruas, tornando perigosa a circulação.

 

Para o ano há mais...

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Alexandrino Sousa às 17:52

Carta aberta a Pedro S.Lopes

Sábado, 17.05.08

 

Acabo de ouvir na tv, que o Sr. Pedro Santana Lopes, não gostou de ouvir que o outro candidato á direcção do PSD, Passos Coelho, não terá votado nele nas últimas eleições. O mesmo se passou há uns dias com Manuela Ferreira Leite.

Mas o homem não tem amigos, não lê os jornais, não tem um espelho lá em casa??

Não sou militante naquele partido, mas sou simpatizante e desde o tempo de Sá Carneiro que fazia daquele partido, o meu partido (ainda gosto do nome PPD), e sempre votei PSD. Sempre até chegarem os "Durão Barroso" e o "Pedro S. Lopes", aí alternei com o PS. Fiz bem, fiz mal? Que outras alternativas  se apresentavam?

Na altura reconheço que admirava o Pedro S. Lopes (diziam que era o delfim de S.C.), talvez porque não falasse tanto, não fizesse tanta asneira.

Mas meu caro P.S.Lopes, chegou ao governo por linhas travessas, armou-se em "perú" de tanta vaidade, não governou como devía ter feito (até seus amigos no governo o abandonaram...), não acha que fazía melhor se dedicar á advocacia que penso ser a sua actividade profissional?

Deixe-me dizer-lhe também que os outros candidatos não me merecem confiança (ainda bem que Luis F. Meneses também saíu, cá em Gaia faz melhor trabalho), e que gostava de ver Rui Rio se candidatar. Mas também concordo com ele sobre cumprir o mandato até o fim (era o que devería ter feito o Guterres e o Durão).

São estes os políticos que temos?? Cada vez ambiciono mais um politico de poucas palavras, mas que seja coerente, firme e decidido. Por isso votei nas últimas eleições no PS, porque Sócrates se encaixava naqueles adjectivos. Errei.

Por isso meu caro, foi com tristeza que ouvi o homem da Madeira, o Alberto, dizer que não ía candidatar-se á liderança do PSD. Aí sim, quería ver quem o calava, e olhe que no meio de tantos palavrões alguns são acertados. E também acredito que sería uma varredela tremenda no PSD. E quanto ás eleições para o governo, aposto que o povo ía gostar de o ver por lá...

Por isso meu caro, a bem da nação, aceite conselho de amigo...É altura de arrumar as "chuteiras"...descansar..

 

Abraço

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 19:30

SONHOS

Sexta-feira, 16.05.08

 

Adormecemos sem mais,

sem um abraço, sem um carinho,

sem um beijo...

Cada um sonha sozinho

os amores que não teve,

e que desejava ter...

 

No vazio dos lençóis,

no quente ameno,

imaginamos posições,

recordamos situações,

sorrimos, coramos,

mas não brincamos...

 

Queria sorrir

sem mentir,

mas irias descobrir

que estou a agredir

sem querer

 

Mais um dia que começa,

e logo pela manhã a indiferença,

o passar ao largo

de um dia diferente,

quem sabe menos carente

 

Não tem jeito,

não vale a pena apostar

no que virou defeito,

não vale a pena cultivar o trigo

onde apenas nasce o joio,

no caminho que eu sigo...

 

Queria sorrir

sem mentir,

mas irias descobrir

que estou a agredir

sem querer

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:11

A ASAE NA EMPRESA

Sexta-feira, 16.05.08

 

Hoje soube que também temos uma "ASAE" (Associação Secreta de Amedrontamento ao Empregado), e que funciona na empresa.

Ora esta Associação, é encabeçada por uma distinta pessoa, que dada a sua diminuta estatura e franzinura de corpo, precisa do palanque da Associação para se fazer ver.

 

Não tenho nada contra esta ASAE nem contra qualquer outra, mas pelo que tenho visto, a coisa funciona. É vê-los com receios de falarem, de passarem mais de cinco segundos ao telefone ( telemóvel, nem pensar ), e para sossegar o líder, mais vale ficar 10 a 20 mins depois da hora, cai sempre bem.

 

Já pensei denunciar o líder e que fosse feito um auto por associação criminosa (é, não é??), no entanto é de temer por represálias, e a coisa não está fácil.

Outra  hipótese, seria de me intrometer no meio da cambada (do bando), ouvir os planos, acções a desenvolver, e depois fazer de "bufo".

 

Mas não, não tenho jeito nenhum para isso. Mais vale ficar no meu cantinho, sorrisinho barato, e sempre....OK Chefe.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Alexandrino Sousa às 19:14

POEMA

Quinta-feira, 15.05.08

Pensei dedicar-te um poema,

versos que rimassem contigo,

e que ao lê-los

numa qualquer tarde há beira mar,

me fizessem recordar

momentos únicos,

momentos só nossos

com o mar por companhia

 

Mas não tenho arte nem engenho,

e todo o empenho

em cada palavra,

nada sai de bom,

não sei "falar" pelo coração,

nada sai perfeito,

não tenho mesmo jeito...

 

Por favor,

grava tua voz,

diz qualquer coisa,

mas não faças juras, promessas,

coisas que esqueças

com o andar do tempo.

 

E se na posteridade

nos encontrar-mos,

haveremos de falar,

rir, chorar,

das ilusões da idade,

da crise de identidade,

de vidas acabadas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Alexandrino Sousa às 22:07

BOTÃO DE ROSA

Quinta-feira, 15.05.08

 

Talvez não saibas

(ou não queiras ver),

teu corpo de mulher

brotar para a vida.

Teu rosto, antes de menina,

se moldou,

se aperfeiçoou,

ganhou formas serenas...

 

Teu cabelo,

teima em contornar teu rosto,

e seu ondulado, belo,

macio,

escondem quantas vezes o vazio

no fundo de teus olhos.

 

Mas teus sorriso

meigo, sereno,

qual sopro ameno,

me faz bem,

me leva a outro mundo,

me lembra também

tempos que já não voltam.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:24

PROBLEMA DE CONSCIÊNCIA

Quarta-feira, 14.05.08

 

Sinto que estou na profissão errada...

 

Não é fácil analisar e decidir sobre o trabalho de outros, ainda mais quando verificamos do esforço para que o resultado desse trabalho seja perfeito.

 

As condições de trabalho, o ambiente, os conhecimentos técnicos e quantas vezes a pressão superior das chefias, são motivos para que o resultado final seja adulterado.

 

E vêm as auditorias, as amostragens, os defeitos que ninguém queria ver. E então as pessoas com aquele ar de caso, quantas vezes acusador, nos olham nos olhos tentando descobrir o que vai acontecer a seguir.

 

Tento ser indiferente, frio, objectivo, e em frases curtas mostrar as não conformidades, as implicações dos erros.

 

Frases de que "não volta a acontecer", "foi distracção", "é do material", soam a banalidade tantas as vezes que são ditas, tantas as vezes que são repetidas...

 

E sobra sempre para o mesmo, o mau da fita, o último reduto. Mas pondo a consciência de lado, há que agir em conformidade. Os problemas de consciência existiriam se houvesse interesse em denegrir alguém, caça ás bruxas, magoar alguém. Este sentimento jamais existiu, daí pensar que o título não se aplica.

 

Vamos pensar positivo, e em comunhão de interesses, as coisas vão melhorar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:39