Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



UMA FLOR POR FLORIR

Quarta-feira, 10.09.08

 

 

Deito-me entre os lençóis, e tento dormir,

mas "vejo" teu rosto, lindo... a sorrir,

Viro e reviro-me, invento pensamentos

mas tu estás lá, em todos os momentos..

 

Que foi que eu fiz, que foi que inventei??

em que novas estradas caminharei??

Tu, que não me queres ouvir (tens medo)

ouve...escuta no silêncio meu segredo.

 

Amor, desejo, carinho, compreensão,

mil formas de amar,

mil gestos de ternura ao te acordar,

mas que tu enjeitas, e dizes NÃO...

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Alexandrino Sousa às 23:38

INCERTEZAS...

Quarta-feira, 10.09.08

 

A vida é feita de dúvidas, de  incertezas,

e o mundo continua girando

em nada se preocupando

com nossos medos.

Pensamos com a cabeça, queremos certezas,

inventamos aqui e além preocupações,

mas é o coração quem toma as decisões.

 

Para quê inventar o que não se vê??

Porque não acreditar em alguém,

mesmo quando esse alguém é "ninguém",

que também quer certezas,

que procura uma "costa" onde aportar,

que precisa descansar das rudezas,

das tempestades que a vida o quis "brindar"...

 

Somos "madrastas" com nós mesmos,

não aproveitamos o que nos dá o destino,

olhamos de soslaio, e fugimos...em desatino.

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por Alexandrino Sousa às 21:33