Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



UM DIA...

Segunda-feira, 09.05.11

Um dia, prometo não mais sonhar,

nem ver o que só meus olhos vêm,

não ouvir os sons do coração,

nada sentir pelo gelo de minhas mãos...

Um dia, prometo que me vou despedir

das mil e uma aventuras,

das horas mortas que renasciam,

das noites que sem ver o dia, se sucediam,

e aos olhos dos outros eram impuras...

Um dia, o cinzento tomará o azul do céu,

e a noite se abrirá me tomando seu,

eternamente seu...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:18