Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



que não pare o tempo...

Domingo, 09.11.14

 

 

peço que parem as horas, os dias,

que o tempo pare na próxima estação...

preciso contar as emoções, as alegrias,

quantas vezes bateu o coração,

quantas as histórias de vida...

 

desfolhei-o o historial numa causa perdida,

tudo é silêncio, páginas em branco,

gráfico sem picos de batida,

nada de surpresa ou de espanto...

meu livro é assim, um caso de sucesso...

 

preciso saltar, virar a vida do avesso.

 preciso dizer sim, sim, preciso dizer não,

e a cada segundo, ouvir o bater do coração...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:37