Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Dançando na noite...

Terça-feira, 07.06.11

 

E de repente o palco é meu e teu...

Todos se afastaram, nos deram espaço...

A orquestra mantém o ritmo,

e todos os olhares nos admiram...

Seguro tua mão envolta em cetim,

a outra envolvendo tua cintura,

olhos nos olhos, e o corpo se liberta...

Espera, este palco não é meu,

tudo é engano, talvez magia,

ou quem sabe, um momento de fantasia...

Nossa dança é virtual,

como dois anjos sobre o areal

desde o pôr do sol até ser dia.

A nossa dança é o principio e o fim

de um acto de amor...é celestial...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:07