Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Outono

Sábado, 01.10.11

 

 

Em cada rua, em cada esquina,

restos de vida ganhando cor,

baloiçando ao sabor do vento...

 

Cada folha tem uma história,

um desígnio, um destino,

um desfiar na memória.

 

E lá vem outra, e mais outra,

e juntam-se como que a medo

de se separarem no tempo.

 

Sinto nostalgia na paisagem

e me arrepio na brisa que passa...

O Outono assim, não tem graça...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 17:22