Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Saudade...

Domingo, 19.02.12

 

 

 

Quem ousará traduzir saudade,

se na vida não se perdeu de verdade,

se não se afastou de quem ama,

se não sentiu da paixão, a chama?

 

Quem ousará traduzir saudade

se nunca sentiu no peito

um aperto, fogo que não arde,

mas que queima... estranho preceito!!

 

E saudade....é tão só o momento,

esta espera a que o tempo dá tempo,

sem se importar do sofrimento

dos que só, só vivem...em lamento...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 16:56


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.