Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Teu Olhar, Teu Doce Olhar...

Quarta-feira, 02.05.12

 

 

É no silêncio do momento,

da entrega em nosso olhar,

que por entre meus finos dedos,

dedos que adoram te tocar,

deslizam teus cabelos

que me afagam, que me provocam...

 

Ouso prendê-los,

preciso ver pelo olhar, tua alma,

onde me perco pelo fascínio

e pela imensa calma,

ou talvez pelo domínio

que o sussurro de tua voz me traz...

 

Falas de amor, cantas o amor,

teus lábios soletram emoção,

teu corpo é um barco sem leme

navegando ao sabor da paixão...

Nele, sou um naufrago que já nada teme,

pois em teu corpo encontrei a paz...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:46