Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Barco á Deriva....

Terça-feira, 22.05.12

 

 

 

Que foi que fizemos,

que palavras ocas dissemos,

que no pântano mais vazio

como as profundezas de um rio,

se dissiparam nossos corações??

 

Mil respostas a tantas questões,

e nenhuma me traz sossego...

Onde houve desapego?

Onde falharam nossas orações?

 

Como um coração abandonado,

solta-se o barco ancorado,

rio abaixo, levado pela corrente,

o mar o espera, por ele será tomado,

assim morre o amor... quando ausente...

 



 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:26