Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



amanhã... de manhã...

Sábado, 29.12.12

 

 

 

é na cor de teus olhos,

no profundo de teu olhar,

onde correm rios de ternura,

onde vejo convites à loucura,

que se perde meu navegar...

 

e, sem velas ao vento,

sem margem onde aportar,

intensamente vivo o momento

como se amanhã,

amanhã ao acordar,

já não houvesse mais tempo....

 

dá-me um abraço...

dá-me teu mundo,

tua história de vida, teu espaço,

dá-me vinte e quatro horas,

ou só um segundo...

e num abraço, farei da vida um laço...



Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 19:31


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.