Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



escrita com cor...

Domingo, 13.01.13

 

 

 

faz-se tarde, e escura é a noite.

o céu, de cinzento se vestiu

e mesmo o sol que na tarde sorriu,

de envergonhado se foi...

 

que importa se não há estrelas no céu,

se a lua amuada, não apareceu?

 

desfolho meu diário da vida,

e cada linha, cada palavra,

tem uma história consentida,

como só os amantes sabem escrever...

 

este livro, este diário do querer,

é a prova mais querida,

de que o amor tudo pode vencer...

 

faz-se tarde, e escura é a noite...

mas de tanto desfolhar, tanto ler,

fecho meus olhos até o amanhecer...

um dia, na manhã, o sol irá sorrir...

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 20:09


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.