Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



teu nome...

Terça-feira, 29.01.13

 

 

às vezes penso que não tens nome

ou se o tens, eu já esqueci,

porque já não me lembro de te chamar

ou sequer te enviar carta do correio...

 

leio mensagens tuas em meu coração,

todas as letras,

todas as estrelas que desenhaste,

e nenhuma tem as cores de tua mão.

 

ah se as palavras que inventas,

os momentos

que na penumbra sonhamos

não fossem mais o cabo das tormentas...

 

fecham meus olhos o silêncio das palavras.

não me queixo.

de que me serviria chamar teu nome

se a noite se fechou no mundo das trevas...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 23:24