Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



amores perfeitos...

Terça-feira, 05.03.13

 

 

 

folheio o diário onde falas de nós,

umas vezes cantando o amor,

outras tantas falando de sonhos...

 

e ao ler-te, é como se se abrissem flores,

talvez rosas, talvez cravos,

e um perfume suave me invade,

como a beleza dos perfeitos amores.

 

não sei se te conte, se te diga,

que ao ler-te, invadi tua alma,

brinquei com teus segredos (gostei de os conhecer),

e por fazê-lo, minha alma sente-se perdida.

 

pudera eu apagar minha memória,

adormecer na lua, acordar num qualquer farol

onde cada onda do mar me contaria sua história...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:42


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.