Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



doce momento...

Sábado, 30.03.13

 

 

 

se o tempo fosse doce,

como doces são as maçãs de teu rosto

e as cerejas da beira do caminho,

oh amor dos sonhos de cada manhã,

talvez eu não visse as maçãs,

nem as cerejas, nem sentisse

saudades da doçura de cada beijo teu,

se no ar que respiro, bebesse

o mel do teu olhar...




 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 23:16


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.