Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



contra a corrente....

Sábado, 13.07.13

 

 


ouves os sons da alma,

os repliques da dor?

os risos do silêncio,

as metamorfoses do amor?


descendo pelos confins da serra

de onde não se avista o mar

nem o carinho no olhar,

tudo é solidão...

é o arvoredo escondendo a luz,

vidas que não se vêm,

máquinas na contra mão...

 

descendo pelos confins da serra,

sonhando um dia subir...e tocar o céu...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:37