Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Melodias....

Sexta-feira, 26.07.13

 

 

sentou-se na berma da estrada,

e no silêncio do nada,

o seu silêncio era uma canção,

não uma canção sem alma

ou de vozes sem emoção,

mas uma canção celestial

como só é cantada

quando soa a voz do coração...

 

rendiam-se os animais escondidos

pela vegetação,

os arbustos, as árvores

que se vergavam, não pelo calor da estação,

mas pela emoção dos sentidos,

e ali, pasmados, entretidos,

se entreolhavam, no espaço perdidos,

ouvindo o silêncio...em forma de canção...

 

tristes os que não ouvem,

não sabem ouvir o silêncio,

tristes os que no ruído da vida

não param, escutam o próprio sangue correndo nas veias,

e sem alaridos, ou amarras das teias

com que se prendem, não vêm saída

para um caminho em forma de Luz...




 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 22:31


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.