Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



ingénuo

Terça-feira, 22.10.13

 

 

 

ingénuo o ser que vê nascer o sol

e nem reparou que se deitou a lua...

assim são os amantes, que na rua

passam, quais ser insignificantes

mas que tomam a noite como sua...

oh, corações vazios, tão errantes...




 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 21:31


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.