Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



momentos...

Sábado, 28.12.13

 

 

 

despidos de medos,

de desassossegos,

sentimos o desabrochar

das flores inertes,

e tacteando, seguramos firme

quando em acelerado escalar...

 

é assim que sinto teu respirar

quando teus olhos vêm o horizonte,

e os meus, a estreita passagem,

onde se derretem a doçura e o prazer

como nos sonhos, sem qualquer miragem...

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 19:39


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.