Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



ENCRUZILHADAS

Sábado, 22.11.08

   

                                 (da Net)

Não sei a razão

ou será maldição?

faço juras, promessas,

e tudo sai ás avessas...

 

Tento seguir o caminho,

sem desvios, ou paragem,

seguir meu rumo,

alcançar na "viagem",

o pleno, a felicidade,

a paz ainda que pela metade,

mas não chego ao fim...

 

Mil encruzilhadas aparecem,

mil aventuras se apresentam,

e num fechar de olhos,

os planos se esquecem,

meus sonhos se apoquentam,

e tudo começa de novo...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 19:43


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.