Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



NUM POEMA...

Sábado, 29.11.08

 

 

Queria escrever,

e num só poema,

em frases curtas dizer

o que penso, qual o tema

que me faz viver,

a ordem das  coisas...

 

A minha ordem das coisas...

onde  o amor entra,

e tudo á sua volta se centra...

Onde eu não existo,

porque quem sofre por querer,

ou é louco ou nisso tem prazer...

 

Na minha inexistência (virtual)

ninguém vê meu sofrer,

meu coração dorido, do mal

que procurei, por querer,

onde via luz, felicidade,

tudo se apagou...oh ingenuidade...

 

Queria escrever,

e num só poema,

numa palavra dizer,

Amar é SOFRER..........

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 16:39


3 comentários

De gatinhaperdida a 30.11.2008 às 18:31

Sabes o que me fazes lembrar com este teu poema?
O povo àrabe e o seu fatalismo,que nós portugueses temos muito.
Somos fatalistas e sofredores,lamuriamos...enfim...
Eheheheheheheh...Está-nos no snague...Eheheheh..... ;o)
Gostei muito...

Beijos e fica bem
Inês

De Alexandrino Sousa a 30.11.2008 às 19:03

Se calhar tens razão Inês...Sabes, meu nome começa por Al....e dizem (eu já não me lembro) ser de origem Árabe. Daí o meu fatalismo????
Mas não. A verdade é que quem ama sofre mesmo (mesmo o gostar muito é sofrer), daí que todos temos um pouco de loucura quando amamos alguém...

Beijos gatinha

Alex

De gatinhaperdida a 30.11.2008 às 20:16

É verdade...
Quem ama sofre...
Se não gostarmos de alguém não sofremos,mas também não temos,ao mesmo tempo a alegria que é gostar de alguém...
É dúbio,mas é verdade,se por um lado o gostarmos de alguém nos faz sofrer,também nos faz sentir vivos. ;o)

Beijos e fica bem
Inês gatinha

Comentar post