Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



TEMPOS DE CRISE

Quinta-feira, 04.12.08

 

              (da Net)

 

Já não sei o que pensar,

ou se vale a pena sonhar.

Que rumos em progressão?

se já estamos em recessão

ou ainda em estagnação?

 

A crise "ouve-se", anda por aí,

e  na realidade ainda não senti,

minha porta pintei de côr,

e a desgraça passou sem dor

noutra porta se quedando...

 

Olho para o lado e pergunto, até quando?

Os projectos se "esfumando",

mil sonhos por realizar,

A "foice" da injustiça a pairar

sobre uma vida..O que pensar??

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 20:53


6 comentários

De daplanicie a 04.12.2008 às 22:24

O que pensar...é que pró ano é ano de eleições e talvez possamos remediar algumas das coisas que estão mal no nosso país.
Cumprimentos

De Alexandrino Sousa a 05.12.2008 às 18:46

Cara Luz,

já não é a primeira vez que diz acreditar que nas próximas eleições, poderemos alterar as coisas..
Ainda há pouco ouvi na TV que o PS neste momento, em caso de eleições tería maioria absoluta (ou estaria perto). Na oposição sinceramente não estou a ver qual o partido que poderá fazer ombro com o PS. Dê-me uma ajuda...

Bjs
Alex

De gatinhaperdida a 05.12.2008 às 20:06

Olá,Alex
Vale sempre a pena sonhar,mesmo que não cheguemos a realizar o sonho,mas sonhas vale sempre a pena.
Os projectos...É sempre bom ter e fazer projectos, é o que nos impulsiona a querer sempre mais e melhor.
A justiça tarda ,mas não falha,pode é ser divinal.
A crise combate-se com alegria e vontade de ganhar....eheheheheheheeheh..

Beijos e fica bem
Inês

De Alexandrino Sousa a 05.12.2008 às 21:42

Pois é Inês, a crise combate-se, mas quando bate em nossa porta, o que fazer??
já pensaste o que será a vida de um desempregado, os projectos adiados ou eternamente perdidos??
Tenho pena e (receio também )do desemprego, da miséria que se vê...enfim, isto não está para brincadeira...

Bjs
Alex

De manu a 06.12.2008 às 15:15

Porque somos pequenos sofremos
fossemos grandes éramos ajudados
querem que nós tudo paguemos
mas mantendo os bicos calados

mas os poetas nunca se calam
são a voz silenciosa deste povo
e em várias direcções disparam
lutando por um mundo novo

Um abraço.

De Alexandrino Sousa a 06.12.2008 às 19:29

Caro Emanuel,

tem toda a razão. Os pequenos é que sofrem e os grandes, que fazem as asneiras, ainda são ajudados.
Mas como sempre, comentários em verso, tem outra dimensão.

Abraço
Alex

Comentar post