Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Amor Ausente

Terça-feira, 24.02.09

 

http://sininhoinwonderland.blogs.sapo.pt/arquivo/040103-2.jpg

 

(texto de ficção)

 

Disseste -me Adeus,

e meus olhos te seguiram até te perder,

rasos de água, num surdo sofrer

te viram partir, para bem longe,

para nunca mais te ver...

 

E hoje, na lembrança,

o teu rosto de despedida,

rosto sereno, sem ponta de ferida,

contrário ao rosto meu

enrugado na pele sofrida...

 

Disseste-me Adeus,

e no meu silêncio disse até sempre...

Tu és Amor presente

em cada carta, em cada objecto teu...

Tu és o meu Amor ausente...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 10:20


2 comentários

De Sónia Maria Da Fonseca Pereira a 14.06.2009 às 20:21

e assim que estou a amar alguem que ja partiu

De Alexandrino Sousa a 14.06.2009 às 20:28


Sónia,

Percebo-te bem...e compreendo a dor...Mas tu sabes que a vida continua...

Beijinhos Amiga
Alex

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.