Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Amor Ausente

Terça-feira, 24.02.09

 

http://sininhoinwonderland.blogs.sapo.pt/arquivo/040103-2.jpg

 

(texto de ficção)

 

Disseste -me Adeus,

e meus olhos te seguiram até te perder,

rasos de água, num surdo sofrer

te viram partir, para bem longe,

para nunca mais te ver...

 

E hoje, na lembrança,

o teu rosto de despedida,

rosto sereno, sem ponta de ferida,

contrário ao rosto meu

enrugado na pele sofrida...

 

Disseste-me Adeus,

e no meu silêncio disse até sempre...

Tu és Amor presente

em cada carta, em cada objecto teu...

Tu és o meu Amor ausente...

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 10:20


8 comentários

De SweetDreamer a 24.02.2009 às 15:38

Olá Alex,fico feliz por o meu post mais recente te ter feito sorriso nesta fase menos boa...
Sei que tenho muito menos experiência de vida do que tu,mas também sei que a vida é feita de fases...Esta fase irá passar vais ver.O importante é não desanimar.Acredita que se tivesse algum modo de te ajudar sem ser com estes comentários,ajudaria,mas infelizmente não tenho..=/
Quanto a este poema...Bom...Simplesmente lindo...Faz.me lembrar um dos dias mais tristes da minha vida...Ter de ver a pessoa que amo ir embora não foi fácil,mas a vida é mesmo assim...
E sim,pode serque tenhas razão...Pode ser que o meu príncipe ande por aí ;)

Beijocas e muita força!!

De Alexandrino Sousa a 24.02.2009 às 16:45


Olá Carine,
Acredita que lendo vossos comentários ou lendo vosso blog, me ajuda a esquecer um pouco o dia a dia, e manter a esperança de que tudo se resolva (ou pelo menos não se agrave...)
Obrigada pelo elogio e pelo carinho

Beijinhos
Alex

Comentar post