Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Voando no vento que passa

Sábado, 28.03.09

 

 

 

Sinto-me voar...

voar neste mundo frágil e inquieto,

frágil, quanto minha casca de nós

que é o meu objecto voador...

E, não adianta amarras,

não adianta prender o condor,

se neste ambiente de fúria,

tudo o vento leva em redor...

Sinto-me voar

para um mundo desconhecido,

para um espaço vazio,

para um novo amanhecer...

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Alexandrino Sousa às 15:29


1 comentário

De Simbologia do aMoR a 31.03.2009 às 10:37

Oi Alex

Mesmo voando num espaço vazio,
Num mundo desconhecido...
São novas conquistas e ditas
Um elo de amigos, nunca será perdido!


Abraço

Comentar post